quarta-feira, 26 de julho de 2017

O encanto



A vida continua....
Mesmo depois de traições,
Discórdias, inimizades e esquecimento,
Após o medo, depois da solidão,
Antes de sentirem-se tristes ou felizes,
A vida continuará;
E sempre continuou,
Quando estive sozinho, ou cercado de gente,
Ela continuou
Mesmo que nada fizesse,
E nunca parava,
Nem mesmo para nos observar;
A vida nunca parou para
Contemplar sua beleza
[como eu],
E seguiu em frente ao perceber
Que o seu encanto não iria embora...
Ela estava me trazendo um
Presente cheio de brilho e coisas felizes...
[seus olhos]
Ela me roubou com um sorriso...
E me devolveu aquilo que eu havia perdido com tristeza...
[um sonho]
A vida continuou me levando, rumo ao desconhecido...
Enquanto seguia o caminho da vida,
Pensei, reparou alguma vez na morte?
Ela sim... contemplou cada momento seu,
Vislumbrando momentos mais remotos,
Com olhares ávidos
[como os meus]
Perseguindo cada instante,
Sonhando com o momento
Em que te teria em seus braços
[tal como sonhei, sem jamais ter],
E mesmo parada, apenas observando,
Não deixou de sentir extrema saudade;
Ela te aguardava em repouso
Toda encantada por ti...
[assim como eu]
E em seu último frasco de vida encantada,
Ela chegou para tocar-lhe a face...
Sonhando com o dia em que nos colocaria
No eterno repouso, sem dor,
Sem rancor, somente o encanto;
E antes que você se vá de mim,
Tornar-lhe-ei meu mais belo quadro,
Minha mais singela poesia,
Imortalizada em carne e sentimento.
E por todas as noites restantes,
Eu dedilharei-lhe como um instrumento,
E cantarei aos ventos sobre você, e te farei a mais doce melodia,
para que todos saibam, és tu, o mais singelo sentimento
Jamais escrito, cantado, e amado.


Fernando Muniz

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Coração em 8 bits.





Pegue em minha mão,
Vamos cavalgar longe,
Para onde as estrelas nos beijam
E nos torna implacáveis.

Pegue em minha mão,
Vamos fugir para longe,
Onde os olhares cruéis e vis
Não destroçam nossos corpos virtuais.

Pegue em minha mão,
Vamos correr para longe,
Onde os cogumelos
Nos torna fortes e grandiosos.

Corra comigo,
Vamos correr para longe,
Onde espadas e lanças não
Machucam nossos corações digitais.

Corra comigo,
Vamos alcançar o castelo,
Onde o único fantasma
É aquele que habita nossos sonhos...

Corra comigo,
Vamos alcançar a espada mágica,
Pois é ela que nos dará força
Para derrotar nossos demônios interiores...

Voe comigo,
Vamos voar para longe,
Onde os monstros da noite
Não podem machucar nossos corpos 2D...

Voe comigo,
Vamos voar bem rápido,
Para que o mundo não consiga
Ferir nossos sentimentos eletrônicos...

Voe comigo,
Vamos voar para o alto,
Para que não haja espada
Capaz de partir meu coração de 8 bits...

Sem mais,

Fernando Muniz.